Caracterização Geral | Localização | História | Flora | Arquitectura | Circuitos Pedestres | Conservação | Alojamentos | Informação
Flora
Espécies:
+ Abies nordmanniana
+ Acer campestre
+ Castanea sativa
+ Cedrus atlantica
+ Crataegus monogyna
+ Cupressus lusitanica
+ Cryptomeria japonica
+ Fraxinus angustifolia
+ Ginkgo biloba
+ Juniperus oxycedrus
+ Larix decidua
+ Laurus nobilis
+ Melia azedarach
+ Morus alba
+ Picea abies
+ Pinus nigra
+ Pinus pinaster
+ Pinus pinea
+ Pinus sylvestris
+ Prunus laurocerasus
+ Pseudotsuga menziesii
+ Quercus robur
+ Quercus ilex
+ Quercus suber
+ Robinia pseudoacacia
+ Sequoia sempervirens
+ Thuja plicata
+ Ulmus carpinifolia
Outras

Abies alba
Abeto - branco

Árvore piramidal até 50m, com tronco muito aprumado. Ritidoma macio, com fissuras formando escamas. Raminhos novos com indumento denso. Os seus gomos não são resiníferos. As folhas tem o vértice superficialmente chanfrado, são densas mas flexíveis, tem a página inferior com duas riscas brancas. Pinhas cilíndricas, com uma bráctea pontiaguda saliente por baixo de cada escama, ficando recurvada.

Abies x insignis

Os seus ramos são todos rodeados por folhas dispostas em toda a volta ou afastadas ao longo da parte de baixo.
As suas pinhas contêm algumas brácteas pontiagudas ligeiramente salientes das escamas.

Abies x insignis

Os seus ramos são todos rodeados por folhas dispostas em toda a volta ou afastadas ao longo da parte de baixo.
As suas pinhas contêm algumas brácteas pontiagudas ligeiramente salientes das escamas.

Abies color
(Abeto - concolor)

Este abeto pode atingir os 55m. Ritidoma cinzento escuro, que vai ficando profundamente fissurado. Os raminhos novos por vezes não têm folhas. Gomos muito resiníferos. Folhas encurvadas para cima e quase erectas, página inferior com duas faixas levemente azuladas.

Abies pinsapo
(Abeto - espanhol)

Árvore piramidal até 30m, com tronco muito robusto. Ritidoma liso, fissura gradualmente de uma maneira irregular, formando placas. Raminhos novos glabros. Gomos resiníferos. As suas folhas estão dispostas densamente e por igual à volta do ramo, as folhas são patentes, espessas, rígidas, às vezes curvas e aguda. Pinhas cilíndricas, gradualmente afiladas para o ápice, escamas arredondadas, ocultando a pequena bráctea espinescente.

Acacia dealbata
(Mimosa)

Árvore até 30 metros. Ritidoma liso. Ramos, raminhos e folhagem branco - preteado devido ao indumento. Folhas tripinuladas, folíolos 20-25 pares, glândulas numerosas. Capítulos em forma de rácimos terminais amarelo - vivo com 30 - 40 flores cada. Vagem comprimida.

Acacia longifolia
(Acácia)

Árvore ou arbusto até 10 metros, de copa aberta e folhagem verde brilhante. Ritidoma liso. Raminhos glabros. Filódios oblongos, rectilíneos, com nervuras proeminentes. Flores fragantes e amarelo-brilhantes, vagem linear, sulcada, direita, distintamente comprida entre as sementes. Pedículo da semente branco.

Acacia melanoscylon
(Acácia - da - Austrália)

Árvore até 40 metros, de tronco erecto, copa densa e oval. Ritidoma rugoso, sulcado e persistente mesmo em ramos jovens. Filódios lanceolados, levemente encurvados, obtusos e baços com 3-5 nervuras. Folhas bipinuladas, capítulos amarelos ou amarelados. Vagem comprimida, curva. Pedículo da semente escarlate.

Acacia retinodes

Árvore ou arbusto até 10 metros, de tronco curto e ramos revirados para o ápice. Ritidoma liso. Raminhos geralmente não pendentes. Filódios agudos, de ápice curvo ou direito. Rácimos com 5 - 10 capítulos. Vagem rectilínea, algo contraída entre as sementes. Pedículo da semente rodeando-a de cor escarlate e dobrado sobre si próprio.

Acer negundo
(Bôrdo - Negundo)

Árvore pequena até 20 metros, de crescimento rápido. Copa abobadada, frequentemente irregular devido aos numerosos raminhos que brotam do tronco e dos ramos. Ritidoma liso, tornando-se superficialmente fissurado. Folhas imparipinuladas, com 3-5 folíolo ovado-acuminadas e irregularmente dentadas. Flores unissexuais, apétalas, aparecendo antes das folhas. Fruto glabro, com asas arqueadas divergindo em ângulos agudos, com maturação temporã persistente até depois caírem as folhas.

Acer platanoides
(Bôrdo - da - Noruega)

Árvore até 30 metros, com copa abobadada e difusa e tronco bastante curto. Ritidoma liso ou com estrias pouco salientes. Folhas menores e mais estreitamente triangulares.
Flores em corimbos, intensamente amarelo-esverdeado, aparecem antes das folhas. Cada par de frutos amarelos tem asas formando um angulo obtuso entre si.

Acer pseudoplatanus
(Plátano - bastardo)

Árvore grande até 35 metros, com copa abobadada e ampla. Ritidoma fissurado em placas irregulares que se descamam. Ramos frequentemente robustos. Raminhos curtos e bastante sinuosos. Folhas lobadas, divididas até à metade. Lobos agudos e dentados. O tamanho e recorte das folhas variam com a idade. Flores numerosas em panículas pendentes, aparecendo com as folhas.

Acer rubrum

Árvore de crescimento rápido, até 23 metros, com copa irregular e ramos ascendentes e algo arqueados. Raminhos delgados. Folhas tão largas quanto compridas, divididas até menos de metade. Os lobos junto à base são grosseiramente serrados. Flores vermelhas aparecendo antes das folhas. As asas do fruto divergem em angulo agudo.

Albizia julibrissum

Árvore pequena, raramente excedendo os 13,5 metros, copa redonda ou elipsoidal. Ritidoma liso. Ramos glabros. Folhas com 10-25 divisões, cada uma com 35-8 folíolos. Folíolos estreitamente ovados, arqueados, margens e face inferior lanuginosas. Pecíolo com uma glândula cupuliforme. Panículas jovens tomentosas. Flores sésseis e róseas. Vagem castanha na maturação, com constrições entre cada uma das sementes.

Aesculus hippocastanum
(Castanheiro - da - Índia)

Árvore robusta até 25 metros, com copa enorme abobadada. Ritidoma fissurado em grandes placas destacáveis. Folhas com 5-7 folíolos. Folíolos obovados, acunheados na base, duplamente serrados, glabros por cima, tomentosos por baixo. Flores em panículos cilíndricas ou cónicas. Fruto espinhoso, globoso, com uma só semente arredondada ou com 2-3 achatadas.

Ailanthus altissima
(Alianto - da - China)

Árvore de crescimento rápido de folha caduca, atinge os 20 metros. Com copa irregular, tronco directo e cilíndrico, com inúmeros rebentos. Ritidoma liso, tornando-se ligeiramente escamoso nos exemplares mais velhos. Ramos robustos e ascendentes. Raminhos lisos, robustos e com cicatrizes foliares proeminentes. Folhas compostas e alternas. Folíolos laceolado-ovados, acuminados, margem com 2-4 dentes junto à base. Inflorecência é uma panícula grande e terminal com flores aromáticas.

Alnus glutinosa
(amieiro)

Pequena árvore até 20 metros, de copa cónica larga. Ritidoma fissurado em placas quadradas ou oblongas. Ramos ascendentes, posteriormente divergentes. Raminhos glabros, viscosos quando jovens. Folhas mais largas na metade apical ou ligeiramente orbiculares, margens duplamente dentadas ou crenadas. Os amentilhos surgem primeiro do que as folhas. O fruto é uma sâmara com uma asa estreita.

Catalpa bignonioides

Árvore de folha caduca, até 2 metros, com copa largamente abobadada. Ritidoma geralmente liso, com pequenas placas, ou por vezes finamente fissurado. Raminhos robustos e glabros. Folhas opostas ou verticiladas, largamente ovadas, abruptamente acuminadas, arredondadas ou ligeiramente cordadas na base, por vezes superficialmente lobadas. Flores em panículas cónicas. A flor é campanulada, tem corola 5 lobado, os lobos pregueados e divergentes. O fruto é uma cápsula cilíndrica. Sementes achatadas, com uma franja de longos pêlos em cada extremidade.

Catalpa ovata

Esta árvore tem folhas pentagonais, acuminados nos vértices de cada lobo, cordadas na base. Flores em rácimos até 25 cm, brancas, matizadas de amarelo e maculadas de vermelho por dentro.

Cedrus libani
(Cedro - do - Líbano)

Árvore de porte médio, cónica quando jovem, ficando abobadada larga ou achatada, pode atingir os 40m e em geral contém um tronco robusto. Ritidoma com placas curtas, descamáveis, ficando profundamente fissurado. Ramos ascendentes nas árvores jovens, ficando horizontais, com folhagem em maciços achatados e aplanado. Os ramos jovens são divergentes, glabros, com 10-15 folhas agrupadas. Pinhas com ápice obtuso.

Ceratonia siliqua
(Alfarrobeira)

Espécie monóica ou dióica. Árvore ou arbusto de folha perene, até 10 metros, de copa ampla e densa. Folhas alternas, compostas, paripinuladas, com 6-10 pares de folíolos, ráquis castanho ou esverdeado. Rácimos curtos e axilares. Flores de cálice caduco, corola ausente. Vagem comprimida, pendente e indeiscente.

Celtis australis
(Lobão - bastardo)

Árvore até 25 metros, de copa arredondada e densa. Ritidoma liso. Raminhos, pubescentes e delgados. Folhas lanceoladas, longamente acuminadas, arredondadas ou cordadas na base. Drupa globosa, glabra, com endocarpo acentuadamente reticulado - rugoso.

Corylus avellana
(aveleira)

Arbusto ou pequena árvore até 12 metros com copa larga e densa e um tronco bastante curto. Ritidoma castanho liso, brilhante e destacando-se em tiras. Raminhos com indumento de pêlos rijos e glandulares. Folhas mais ou menos orbiculares, muitas vezes ligeiramente lobados, cordadas na base, margens duplamente serradas. Frutos em grupos, com invólucro quase tão comprido como a noz, irregularmente dentado ou fendido.

Cupressus macrocarpo
(Cipreste - da - Califórnia)

Esta é um espécie monóica. Árvore até 35m, com copa piramidal nas idades jovens ficando abobadada nas árvores mais velhas. Ritidoma fissurado e escamoso. Ramos numerosos, robustos, erectos nas árvores jovens, mais abastados nas árvores velhas. Folhas opostas e escamiformes. Sementes contêm uma asa membranosa.

Cupressus sempervirens
(Cedro - bastardo)

Árvore colunar, fusiforme ou ocasionalmente piramidal, até 30m, com folhas persistentes. Ritidoma com fissuras superficiais, frequentemente com disposição helicoidal. Ramos erectos ou ocasionalmente divergentes. Raminhos novos mais ou menos tetragonais com inserção irregular no raminho principal. Folhas opostas, decussadas, escamiformes, obtusas, todas semelhantes e estão muito aplicadas ao raminho. Sementes rodeadas por escamas, com pequenas asas.

Eucalyptus globulus

Árvore de grande porte, atingindo 65 metros. Ritidoma liso, caduco na maior parte, mais persistente na base, glauco. Folhas juvenis opostos a sesséis e amplexicaules. Folhas adultas estreitas e largas, lanceoladas, falciformes, coriáceas, distintamente pecioladas. Geralmente apresenta uma flor axilar solitária com padúnculos curtos. Opérculo hemisférico achatado, rostrado espesso e verrugoso. Fruto deprimido - globoso mais ou menos tetragonal, verrugoso, com uma ou mais costas irregulares, e com um disco grande, liso e grosso.

Eucalyptus camaldulensis

Árvore alta podendo atingir 40 metros. Com tronco e ramificação difusa. Ritidoma liso, destacando-se em placas ou tiras longitudinais. Folhas juvenis opostas, largamente lanceoladas, cerosas e ligeiramente glaucas. Folhas adultas alternas, lanceoladas, acuminadas e finas. Inflorescência uma cimeira umbeliforme. Flores, num pedúnculo delgado e roliço.

Eucalyptus viminalis

Árvore de grande porte até 50 metros. Ritidoma liso, caduco. Folhas juvenis, delgadas, lanceoladas, opostas e sésseis. Folhas intermédias largamente lanceoladas, acuminadas. As folhas adultas são estreitamente lanceoladas, alternas, pecioladas, planas ou onduladas. Inflorescência uma cimeira umbeliforme axilar, geralmente com três flores. Opérculo hemisférico a cónico normalmente mais comprido que o tubo. Fruto esférico ou deprimido-globoso, sessil ou com curto pedicelo.

Fagus sylvatica
(Faia)

Árvore de folha caduca com ampla copa abobadada até 40 metros. Ritidoma liso, por vezes rugoso, ramos principais, numerosos, erectos. Folhas ovadas, agudas, de margens onduladas e ciliadas enquanto jovens. Flores masculinas numerosas em amentilhos capituliformes, longamente pedunculares, com perianto dividido até à base. Flores femininas geralmente geminadas no extremo de um curto pedúnculo. Aquénios trígonos, castanhos e brilhantes. Cúpula verde ou castanha, coberta por espinhos de consistência membranosa ou coriácea, em geral com 2 aquénios.

Fraxinus excelsior
(Freixo - europeu)

Árvore até 40 metros, com copa aberta e abobadada. Ritidoma liso, tornando-se rugoso fissurado. Raminhos fortemente achatados nos nós. Folhas 20-30 cm, ráquis subglabro e densamente pubescente. Folíolos oblongo - ovados, acuminados, crenado - serrulados. Panículas axilares e globosas. Cálice e corola nulos. Cada sâmara tem asa oblonga, chanfrada e com um espinho no ápice.

Fraxinus ornus

Árvore de médio porte até 24 metros, com copa abobadada ou algo achatada. Ritidoma liso. Folhas paniculadas, com um folíolo terminal e ráquis sulcado. Folíolos ovados, acuminados, irregularmente serrulados, subsésseis. Panículas terminais ou axilares, aparecendo depois das folhas. Flores com cálice pequeno, profundamente lobado e persistente. Corola com 4 pétalas lineares. Sâmara oblonga mais larga acima da metade ou por vezes truncada no ápice, com asas estreitas.

Juniperus communis
(Zimbro - Comum)

Espécie dióica. Arbustos ou árvores pequenas, até 15 metros, cónicas quando jovens por fim muito largo. Ritidoma com esfoliação em camadas delgadas. Raminhos delgados, triangulares. As folhas são todas juvenis lineares, potentes, 3 por verticiclo nodosas na base pungentes, rígidas com uma única faixa de estomas larga e esbranquiçada na página inferior.

Juglans nigra
(Nogueira - preta)

Árvore até 50 metros, de copa ampla e alta. Ritidoma com profundas fissuras romboidais. Ramos principais ligeiramente sinuosos. Folíolos ovados, acuminados, irregularmente serrados, glabrescentes por cima, pubescentes por baixo. Fruto mais ou menos globoso, ou ligeiramente globoso. Semente ovóide, intensamente sulcada e não separável em dois.

Juniperus phoenicea
(Sabina - da - Praia)

Espécie dióica. Arbustos precumbentes ou árvores pequenas até 8 metros. Raminhos roliços, escamosos. Folhas de 2 tipos, folhas juvenis, aciculares, com 2 faixas brancas de estames em ambas as páginas, geralmente triverticiladas, folhas adultas escamiformes, ovadas a algo ramboidais, obtusas e subagudas, margens esbranquiçadas, opostas ou triverticiladas, imbricadas, com uma cospicua glândula sulcada na página inferior.

Koebeuteria paniculata

Árvore até 30 metros, de folha caduca, delgada quando jovem, tronando-se mais compacta com a idade. Ritidoma fissurado expondo uma cor alaranjada por baixo. Raminhos com indumento de pêlos pequenos. Folhas alternadas, compostas, por vezes recompostas na base. Folíolos ovado-oblongos e irregularmente serrados. Flores em grandes panículas piramidais e terminais. O fruto é uma cápsula e as sementes são negras.

Liquidamber styraciflua

Árvore até 28 metros, de raminhos inicialmente pubescentes. Folhas até 15 cm, pubescentes nas nervuras da página inferior. Pecíolo 10-15 cm.

Maclura pomifera

Espécie dióica. Árvore até 14 metros, de folhagem caduca, espinhosa e com copa irregular. Ritidoma fendido. Raminhos glabrescentes. Folhas inteiras ovais, acuminadas. Flores masculinas em capítulos densos ou rácimos, flores femininas em capítulos densos e inconspícuos, globosos. Infrutescências esféricas, não comestíveis.

Morus nigra
(Amoreira - negra)

Árvore de folha caduca com 10-15 metros, de copa ampla e difusa com ramos compridos e torcidos, tronco curto, rugoso com numerosas bossas. Ritidoma largamente gretado. Gomos ovais, agudos e escamosos. Folhas alternas ovado-cordadas, dentadas ou lobadas. Pecíolo robusto. Inflorescência cilíndrica.

Myrica faya
(Faia - das - Ilhas)

Espécie dióica. Arbusto ou pequena árvore até 8 metros. Tem folha perene, raminhos cobertos por pequenos pêlos peltados e ferrugíneos. Folhas alternas, obovadas, inteiras e glabras. Amentilhos mais ou menos ramificados que se desenvolvem por entre as folhas em raminhos de primeiro ano. Flores nas axilas de brácteas, as masculinas sem brácteas, as femininas com duas ou mais bractéolas. O seu fruto é uma drupa.

Myrica faya
(Faia - das - Ilhas)

Espécie dióica. Arbusto ou pequena árvore até 8 metros. Tem folha perene, raminhos cobertos por pequenos pêlos peltados e ferrugíneos. Folhas alternas, obovadas, inteiras e glabras. Amentilhos mais ou menos ramificados que se desenvolvem por entre as folhas em raminhos de primeiro ano. Flores nas axilas de brácteas, as masculinas sem brácteas, as femininas com duas ou mais bractéolas. O seu fruto é uma drupa.

Phillyrea latifolia
(Aderno - de - folhas - largas)

Arbusto ou pequena árvore até 15 metros, com copa densa e arredondada. Ritidoma liso, tornando-se finamente reticulado. Ramos erectos quando jovens, tornando-se divergentes. Folhas simples e opostas, folhas jovens ovado-cordadas, mais ou menos dentadas ou serradas, folhas adultas lanceoladas e elípticas, inteiras. Flores hermafroditas. O fruto é uma drupa.

Populus alba
(Choupo - branco)

Árvore mediana até 30 metros com copa larga e frequentemente assimétrica. Tronco robusto com numerosos rebentos em redor da base. Ritidoma liso em árvores imaturas e ramos jovens, tronando-se mais fendido com a idade. Folhas dos ramos longos são ovadas com 3-5 lobos grosseiramente dentados, folhas dos ramos mais curtos são mais pequenas e estreitas, margens dentadas e sinuadas.

Populus alba
(Choupo - branco)

Árvore mediana até 30 metros com copa larga e frequentemente assimétrica. Tronco robusto com numerosos rebentos em redor da base. Ritidoma liso em árvores imaturas e ramos jovens, tronando-se mais fendido com a idade. Folhas dos ramos longos são ovadas com 3-5 lobos grosseiramente dentados, folhas dos ramos mais curtos são mais pequenas e estreitas, margens dentadas e sinuadas.

Populus x canadensis

Árvore mediana até 30 metros. Copa irregular, amplamente abobadada. Tronco giboso e folhas ciliadas.

Populus canescens
(Choupu - cinzento)

Pode atingir os 30 metros. Copa cónica quando jovem. Ritidoma com marcas romboidais quando jovem, tornando-se rugoso. Ramos pouco numerosos, macios e ascendentes, os raminhos densos e pendentes, com pêlos brancos. Folhas dos ramos longos ligeiramente cordados na base, dentadas. Folhas dos ramos curtos ovadas, tornando-se glabras.

Populus tremula
(Choupo - tremedor)

Árvore de vida curta, até 20 metros. Copa aberta, estreita ou cónica quando jovem, tornando-se mais larga e irregular com a idade. Tronco frequentemente inclinado. Ritidoma liso e com depressões romboidais. Folhas suborbiculares, sinuadas, crenado-dentadas, delgadas. Pecíolo achatado lateralmente e muito claro.

Pterocarya fraxinifolia

Árvore até 30 metros. Copa arredondada. Tronco curto e solitário ou com muitos rebentos em redor da base. Ritidoma profundamente fissurado. Raminhos com medula septada. Folíolos ovado-lanceolados, acuminados, serrados, com a nervura central provida de pêlos longos.

Pittosporum undulatum

Árvore de folha perene, até 20 metros, de copa piramidal. Ritidoma cinzento. Folhas ovado-lanceoladas, agudas, de margem algo ondulada. Flores em cimos, com pétalas brancas, lanceoladas.

Picea orientalis

Árvore até 40 metros (ocasionalmente 60 metros) com uma copa cónica densa. Ritidoma constituído por pequenas escamas que se vão libertando gradualmente. Ramos bastante delgados, raminhos densamente peludos. Gomos cónicos, pontiagudos. Folhas densas, divergem dos lados dos ramos. Pinha oblongas, levemente apurpuradas, escamas arredondadas.

Picea sitchensis
(Pícea - de - Sitka)

Árvore cónica com cimo afilado e delgado, até 60 metros, tronco robusto e por vezes com contrafortes. Ritidoma esfoliado em finas escamas. Raminhos laterais ligeiramente pendentes, rígidos, glabros. Gomos ovóides, bastante obtusos. Folhas espessas e rígidas, achatadas, com vértice acuminado, a página inferior têm 2 largas faixas brancas, a página superior é verde - vivo. Pinha cilíndrica, ápice bastante obtuso, escamas alongadas, romboidais com ápice truncado e irregularmente dentado.

Pinus canariensis
(Pinheiro - das - Canárias)

Este pinheiro tem folhas maiores que o normal, pendentes e agrupadas em trios. Gomos com escamas franjadas. Pinhas muito grandes.

Pinus halepensis
(Pinheiro - francês)

Árvore robusta raramente excedendo os 20 metros, ramos retorcidos, delgados e o seu tronco atinge os 5 metros de perímetro. Ritidoma liso e brilhante em novo, tornando-se fissurado e escamoso. Gomos cónicos com escamas franjadas e frequentemente recuado nos vértices. Folhas aos pares, delgadas, verde - claras, curvas, com face ventral arqueada, margens denticuladas e vértice agudo, curvo e duro. Pinhas cónicas ovóides, solitárias ou em grupos de 2-3, divergentes ou pendentes, avermelhadas com pedúnculo grosso e escamoso, escamas ovulíferas, brilhantes com escudo convexo

Pinus radiata
(Pinheiro - de - Monterey)

Prunus avium
(Cerejeira - brava)

Árvore de folhagem caduca, até 30 metros, copa larga, com tronco bem desenvolvido. Ritidoma brilhante com filas horizontais de lentículas, tronando-se, posteriormente fissurado. Folhas ovadas, acuminadas, margens com dentes profundos e obtusos. Pecíolo com duas glândulas conspícuas avermelhadas junto ao limbo. Flores em umbelas sésseis. Frutos globosos deprimidos no ápice.

Prunus cerasifera
(Ameixeira - de -jardim)

Arbusto ou árvore até 8 metros, folhagem caduca e copa redonda. Ritidoma com filas de lentículas, superficialmente fissurado. Ramos numerosos, intricados e finos. Folhas oblongo-obovadas, acunheadas na base, margens regularmente crenadas. Pecíolo sulcado, róseo. Flores geralmente solitárias, desabrochando simultaneamente ou pouco antes das folhas. Pedicelo glabro. Frutos globosos, glabros, vermelhos ou amarelos.

Prunus lusitanica
(Azereiro)

Arbusto ou árvore de folhagem perene, atinge os 3-8 metros. Ritidoma liso ou ligeiramente escamoso. Ramos divergentes. Folhas ovadas, acuminadas, arredondadas na base, margens regularmente crenadas ou denticuladas, glabras e bastante coriáceas. Pecíolo com cerca de 2 cm, matizado de vermelho escuro. Rácimos 8-13 cm e com cerca de 30 flores fragrantes, escassamente excedendo a folha da axila. Frutos ligeiramente cónicos e subglobosos, glabros com endocarpo subgloboso e levemente carenado e liso.

Prunus serotina

Árvore de folhagem caduca, até 30 metros, com tronco robusto. Ritidoma liso, destacando-se em tiras, posteriormente fissurado, amargo e aromático. Ramos divergentes. Folhas obovadas, acuminadas, margens finamente serradas com dentes projectados na direcção do ápice. Pecíolo com glândulas junto ao limbo. Rácimos de aproximadamente 30 flores. Hipânico distintamente cupuliforme. Cálice persistente do fruto. Fruto deprimido-globosos, mesocarpo amargo, endocarpo subgloboso, liso.

Prunus virginiana

Arbusto até 5 metros de altura. Ritidoma não aromático. Folhas com margens serrilhadas com dentes muito agudos e potentes. Cálice caduco no fruto. Frutos maduros vermelho - escuros.

Pinus strobus
(Pinheiro - de - Weymouth)

Árvore que pode atingir os 50 metros com tronco afilado. As ramos das árvores velhas formam uma copa de cimo cónico ou arredondado. Ritidoma fino e glauco nas árvores novas, ficando rugoso e fissurado. Raminhos jovens delgados, glabrescentes mas com tufos de pêlos curtos por baixo da inserção dos feixes de agulhas. Gomos cónicos e pontiagudos, resiníferos, com algumas escamas de vértice levantado. Folhas finas, flexíveis, agudas, glaucas, com margens denticuladas e canais resiníferos marginais. Pinhas subterminais, pendentes, cilíndrico - oblongas, frequentemente arqueadas, as suas escamas são delgadas e glabras. Sementes com asa arredondada.

Tetraclinis articulata
Mosters

Espécie monóica. Árvores cónicas estreitas ou largas, atingem os 15 metros, tem folhagem persistente, tem um tronco robusto castanho - avermelhado. Raminhos erectos, regularmente nodosos. Folhas tetraverticiladas, com o par marginal maior que o par facial.

Thujopsis dolabrata
Falsa-tuia-do-Japão

Espécie monóica. Árvores cónicas estreitas ou largas, atingem os 30 metros, tem folhagem persistente, tronco frequentemente dividido ao nível do solo. No ritidoma destacam-se cordões finos ou tiras membranosas. Raminhos cobertos com folhas escamiformes, achatadas e com distribuição regular aplanada. Folhas opostas e desusadas, as laterais bastante maiores que as dorso-ventrais, são escamiformes, triangulares largas, agudas, aplicadas, encurvadas, e aromáticas.

Thujopsis dolabrata
(Falsa - tuia - do - Japão)

Espécie monóica. Árvores cónicas estreitas ou largas, atingem os 30 metros, tem folhagem persistente, tronco frequentemente dividido ao nível do solo. No ritidoma destacam-se cordões finos ou tiras membranosas. Raminhos cobertos com folhas escamiformes, achatadas e com distribuição regular aplanada. Folhas opostas e desusadas, as laterais bastante maiores que as dorso-ventrais, são escamiformes, triangulares largas, agudas, aplicadas, encurvadas, e aromáticas.

Tsuga canadensis
(Tsuga - do - Canadá)

Esta árvore tinge os 30m, tem tronco bifurcado. Gomos ovóides. Folhas saindo dos lados do ramo mas algumas ocultando-lhe a parte superior, página inferior com 2 linhas brancas de estomas. Pinhas castanho - escuras.

Quercus cerris

Árvore de 25 metros, de copa ampla. Ritidoma liso, tornando-se grosso e gretado. Ramos principais longos e ascendentes, dilatados na base. Bolotas de maturação bienal, aquénio e cúpula, com escamas apicais lineares patentes e sinuosas nas extremidades.

Quercus palustris

Contém ramos frequentemente pendulares. Folhas com cortes mais profundos e lobos mais desiguais, a página inferior contém tufos de pêlos castanhos nas axilas das nervuras. O fruto é revestido por uma cúpula com cerca de 1,5 cm de diâmetro.

Quercus pyrenaica
(Carvalho - negral)

Árvore até 25 metros, por vezes arbusto estaliforme, com ramos pendentes. Folhas até 20 cm, caducas ou por vezes marcescentes, submembranáceas, raramente só lobadas e são densamente tomentosas quando jovens. Aquénios e cúpula com escamas imbricadas.

Quercus rubra
(Roble - americano)

Árvore até 25-35 metros, de copa ampla. Ritidoma liso, tronando-se com fissuras superficiais. Folhas caducas, ovadas, com 7-11 pares de lobos triangulares. Bolotas de maturação bienal, aquénio com 2-3 cm, cúpula mais ou menos comprida, discoidal, com escamas ovadas, delgadas e aplicadas. Pedúnculo frutífero.

Salix atrocinerea
(Salgueiro)

Arbusto ou pequena árvore até 10 metros. Caule descortiçado com marcas lineares. Folhas abovadas, geralmente verde-avermelhadas, glabrescentes na página superior, glaucas com pêlos muito curtos, curvas e ferrugíneos na página inferior, estípulas geralmente pequenas.

Salix babylonia
(Salgueiro - chorão)

Árvore grandiosa até 20 metros. Ramos e raminhos longos. Folhas linear - lanceoladas, acuminadas, serruladas, glabras na maturidade. Pecíolo 3-5 mm. Amentilho até 2x0,3-0,4 cm.

Sorbus aucuparia
(Tramazeira)

Árvore até 20 metros, copa aberta e grosseiramente ovóide. Ritidoma liso ou com ligeiras arestas. Ramos pouco numerosos. Folhas compostas, com 5-8 pares de folíolos com 3-6 cm, oblongas, serradas. Ráquis roliço, sulcado entre folíolos. Flores branco-creme. Pedicelos lanosos, erectos. Frutos subglobosos ou ovóides.

Tilia cordata
(Tília - de - folhas - pequenas)

Árvore até 32 metros, de copa densa e irregularmente arredondada. Ritidoma muito liso tornando-se gretado. Folhas suborbiculares, curto e obruptamente acuminadas, cordadas na base, serradas, lustrosas por cima, mais claras e com tufos de pêlos. Pecíolo 2,5-4 cm, glabro. Brácteas oblongo-lanceoladas, brilhantes. Flores 4-15 em cimeiras obliquamente erectas e translúcidas. Fruto globoso, pericarpo membranoso.

Tilia playphyllos
(Tília - de - folhas - grandes)

Árvore até 40 metros, de copa estreitamente arredondada. Ritidoma finamente fissurado, por vezes com estrias salientes e achatadas. Folhas largamente ovadas, curtas e abruptamente acuminadas, simétricas, cordadas na base, regularmente serradas, macias. Brácteas oblongo-obovadas. Flores cimeiras pendentes, branco - amareladas.

Tilia tomentosa
(Tília - prateada)

Árvore larga, piramidal até 30 metros. Ritidoma com uma rede de estrias ligeiramente salientes e achatadas. Folhas suborbiculares, curtamente acuminadas, obliquamente cordadas, serradas ou ligeiramente lobadas, bastante rugosas. Brácteas lanceoladas. Flores em cimeiras pendentes e brancas.

Ulmus glabra

Árvore até 40 metros, de copa ampla e lobada. Ritidoma liso, tornando-se escamoso-gretado. Folhas suborbiculares ou largamente obovadas e elípticas, acuminadas, com a base do lado maior, formando um lobo mais ou menos sobreposto e escondendo o curto pecíolo. Flores com anteras vermelho-purpúreas. Sâmaras obovadas ou elípticas, com pedicelo curto e a semente ocupa o centro do fruto.

Viburnum opulus
(Noveleira)

Árvore ou arbusto de folha caduca até 4 metros, e ramificação difusa. Folhas com lobos irregularmente dentados, e com estípulas filiformes. As inflorescências têm flores periféricas estéreis e maiores. Fruto vermelho subgloboso, frequentemente persistente até depois de as folhas caírem.

Viburnum tinus
(Laurestim)

Árvore de folha permanente até 7 metros, de copa densa. Folhas ovado-orbiculares, inteiras, glabras, lustrosas por cima, esparsamente pubescentes por baixo, estípulas nulas. Inflorecência com flores todas férteis e iguais. O fruto é uma drupa, subglobosa.

.:. topo
Página Anterior  Página Inicial
  Livro de visitaswebmaster    
 Resolução minima recomendada: 800x600 | 16 milhões de cores